Siga o Portal do Holanda

Horta e alimentação

Centro de convivência instala horta e famílias fazem economia em Manaus

Publicado

em

Horta trouxe economia para famílias no Mutirão - Foto: Kerolyn Leigue/Seas  Horta trouxe economia para famílias no Mutirão - Foto: Kerolyn Leigue/Seas
Horta trouxe economia para famílias no Mutirão - Foto: Kerolyn Leigue/Seas

Daniela Assayag e o mundo ‘invisível’ do poder


Manaus/AM - A horta comunitária do Centro Estadual de Convivência da Família (CECF) Teonízia Lobo, localizado no Mutirão, zona Norte de Manaus, coordenado pela Secretaria de Estado da Assistência Social (Seas), além de reforçar os vínculos comunitários e possibilitar uma economia no orçamento doméstico, está modificando a relação dos moradores do bairro com o meio ambiente.

Instalada há pouco mais de um ano, a horta é fruto da parceria entre a Seas e o Centro de Educação Tecnológica do Amazonas (Cetam), que promoveu o curso de jardinagem. O resultado foi tão positivo que os alunos do curso, que participam das atividades do centro e a comunidade se envolveram nos serviços de manutenção da horta.

Tudo começou quando a diretora do CECF Teonízia Lobo, Anália Mota, percebeu que uma área localizada na lateral da unidade, próxima à quadra de futebol, podia ser melhor aproveitada numa ação coletiva. Daí, nasceu o curso de jardinagem que contou com a participação de 25 alunos e que resultou na criação do espaço verde.

Preparando o terreno

Dividido em três fases, o curso permitiu aos participantes conhecimentos sobre técnicas de plantio, adubação de solo e manejo da terra, o que resultou na horta comunitária que oferece couve, quiabo, tomate, macaxeira, melancia, maracujá e uma infinidade de plantas medicinais, comestíveis e hortaliças folhosas que podem ser usadas como tempero.

Anália Mota explica que o interesse pelo sucesso da horta ultrapassou o espaço da unidade, chegando aos moradores do Mutirão, que fazem questão de podar, plantar e fazer o replantio de mudas. "Nós estamos muito felizes com o resultado porque mesmo em tempo de pandemia, eles não deixaram de vir aqui para molhar, podar, colher a produção e também levaram essa experiência para suas casas. Estão usando isso como terapia e nos comunicando sobre os resultados. Isso é muito prazeroso para nós", ressalta a diretora do CECF.




Já leu estas ?

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Copyright © 2006-2019 Portal do Holanda.