Siga o Portal do Holanda

A ‘parada’ do vice-governador com o prefeito Arthur

Publicado

em

O jogo politico para 2020 começou. E numa parada de ônibus.  Não é o valor da obra - R$ 207 mil - que impressiona, mas as artimanhas para desconstruir o que não sabem fazer. O vice governador Carlos Almeida - que fez criticas a obra e seu preço - não é  o melhor  exemplo de gestor. Estão aí os contratos com fortes suspeitas de superfaturamento e sem  o devido  processo licitatório firmados durante sua curta passagem pela Susam, fora os que avalizou (no exercício do comando do Estado), e  sobre os quais  pairam fortes suspeitas de sobrepreço.  Entrar nessa “parada”de antecipar o jogo eleitoral é um grande erro. E uma prova de que o “novo”não compreendeu ainda o tamanho de seu desgaste.

Mas Arthur Virgilio também erra.  Deveria  responder a qualquer  cidadão que pede explicações sobre o uso de recursos públicos, como aliás sempre fez em nome da transparência de seu governo, mas não aos que querem polemizar em razão do processo eleitoral vindouro.   Carlos Almeida procura esconder, mas trabalha para viabilizar sua candidatura no grupo governista à Prefeitura de Manaus. Entrar no jogo dele é promovê-lo.   

O que os amazonenses esperam é uma união por Manaus, não uma guerra de palavras que não aponta soluções.  Uma união pela cidade que concentra a maioria da população do Estado e que deu a Carlos e Wilson uma estrondosa votação. Invés de criticas, o governo do novo poderia estar contribuindo com Manaus e seu desenvolvimento. Mas prefere apostar no caos..

 


+ BASTIDORES DA POLÍTICA

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

HORA do H: CHICO DA SILVA, COMPOSITOR & CANTOR


Copyright © 2006-2019 Portal do Holanda.