Siga o Portal do Holanda

Sobre o 'sequestro de crianças' no carro preto

Publicado

em

Resumo da Coluna

  • O fascínio pela tragédia, pelo crime e pelo fracasso (dos outros) é grande, porque a vida do outro, a intimidade do outro, o pecado do outro de certa forma são também a base desse mundo paralelo criado pelo avanço da internet.

Era falsa a “informação” de que um carro preto sequestrava crianças em Manaus. Como eram falsas outras “noticias” que “viralizaram”, especialmente no WhatsApp  sobre novas mortes nos presídios. Mas por que esse tipo de “informação falsa” prospera, passa de celular a celular e chega  a milhões de pessoas sem que ninguém questione  sua origem ou se contém a verdade que deve ser a base do jornalismo? Porque o jornalismo tal qual conhecemos está morrendo, cada dia restrito a um grupo pequeno de veículos de comunicação - e isso é ruim porque todos os limites foram quebrados; porque mandaram a ética às favas; porque  o fascínio pela tragédia, pelo crime e pelo fracasso (dos outros) é grande;  porque a vida do outro, a intimidade do outro, o pecado do outro de certa forma são também a base desse mundo paralelo criado pelo avanço da internet.

A fofoca da vizinha, a intriga dos colegas de classe, a inveja do amigo, a mentirinha inocente da criança  já não ficam restritas a uma sala, uma rua. Ganham o mundo em um clique. Verdade e mentira se misturam de forma assustadora.

Tem proteção para isso? Provavelmente não. Mas quem tem bom senso pode avaliar o que pode ser verdadeiro ou falso. Ou fatalmente um dia suspeitará da mãe, do pai, do irmão e do amigo, alvos de alguma  intriga…


+ BASTIDORES DA POLÍTICA

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Copyright © 2006-2019 Portal do Holanda.